Valuation: uma percepção de mercado

valuation-avaliacao-empresa-blog-pucrs-online

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente dar o play abaixo ou fazer o download para ouvir offline:

O que é valuation? Ou melhor, quanto vale uma empresa? Conhecer bem o perfil de cada negócio é essencial na hora de decidir se vale ou não fazer um investimento em determinado negócio.

Para analisar de forma precisa, é necessário ter conhecimento de mercado e setor, além de uma perspectiva estratégica e atributos técnicos. Os resultados podem ser variáveis. Afinal, não existe uma única forma de calcular.

É indispensável ter conhecimento real da empresa para descobrir se o valor determinado pelos acionistas e administradores é o mesmo percebido pelo mercado, levando em consideração riscos e oportunidades.

Em suma, quem compra uma empresa é quem de fato dita quanto vale. Por isso, o primeiro conceito fundamental para o empreendedor entender o valor de uma empresa é valuation.

Nesse artigo, você irá descobrir do que se trata essa percepção de mercado, quais os benefícios e como você pode calcular o valor da sua empresa.

Leia também o artigo Finanças corporativas: o que são e aplicação aos negócios.

O que é Valuation

Valuation é um processo que estima quanto vale uma empresa. Portanto, ele mede e determina o preço justo e o retorno, caso haja um investimento nas ações do empreendimento.

O termo é de origem inglesa que, conforme adaptado ao português, significa avaliação de empresas.

Uma empresa pode ser avaliada de diversas maneiras e razões. As formas mais comuns são, por exemplo, pelo valor dos ativos, pelo valor presente do fluxo de caixa futuro, ou pelo valor dos múltiplos da empresa.

Os motivos em que essa avaliação pode se apresentar são para fins contábeis, depois da realização de uma transação ou aquisição, bem como processos judiciais, nos quais os bens precisam ser divididos.

Além disso, é importante destacar que será embasado nessa avaliação de valor da empresa que os analistas irão recomendar a compra ou venda do negócio. Assim, compara-se, é claro, com o preço atual das ações na bolsa de valores.

Qual a importância da avaliação de empresas?

Dessa forma, valuation é importante porque permite que você compreenda o valor real da sua empresa, conhecendo-a melhor e explorando de forma mais específica os aspectos que a valorizam e desvalorizam. Assim, pode-se amenizar esses déficits ao longo do tempo.

Além disso, outro benefício é que você consegue negociar de forma mais justa a participação societária de possíveis investidores. Sem contar que ao entender o valor do seu negócio, adquire-se uma ideia do comportamento da sua empresa a longo prazo. Ou seja, uma determinante à construção de estratégias futuras.

Como fazer o valuation de uma empresa

Dominar essa técnica não é uma tarefa fácil. Aliás, é comum surgir dúvidas entre os investidores de qual a forma mais eficiente de realizar o valuation de uma empresa.

Por isso, reunimos três maneiras em que essa técnica pode ser colocada em prática:

Cálculo feito pela Renda – Fluxo de Caixa Descontado:

Esse é o método mais utilizado atualmente. Nele, o valuation da empresa é feito usando os resultados de caixa futuros no valor presente. A técnica tem três etapas:

  1. Estimar o fluxo de caixa. Ou seja, o montante recebido menos o montante gasto, da empresa para os próximos períodos;
  2. Definir a taxa de desconto com base no risco da empresa conforme outras oportunidades de investimento, como a bolsa ou a poupança;
  3. Trazer os resultados para o valor presente e somá-los.

Cálculo feito pelo Mercado – Múltiplos ou Cotação:

Nessa técnica, a lógica é usar como base o valor de uma empresa do mesmo segmento vendida anteriormente. Ou seja, uma empresa de capital aberto em que se compara o seu valor versus parâmetros objetivos. Sendo assim, o quociente entre o valor da empresa e o parâmetro escolhido é conhecido como múltiplo.

Assim, uma empresa do mesmo segmento, com taxas de crescimento comparável poderia, em tese, ser vendida por um múltiplo similar, sempre e quando as condições de mercado não tenham mudado substancialmente. Além disso, onde não existam particularidades, como sinergias específicas entre o investidor e a empresa adquirida.

Cálculo feito pelos Ativos – Valor de Liquidação ou Valor Contábil:

Esta técnica é exclusivamente aplicada em empresas que estão passando por dificuldades. A ideia é que nessas empresas em dificuldade o valor seja calculado pelos dois enfoques apresentados anteriormente, sendo ele inferior ao seu patrimônio contábil ou ao seu valor de liquidação.

Leia também o artigo Entenda o sistema Franchising.

Aprofunde-se em Valuation

Enfim, você já deve ter percebido a importância de definir um valor justo para a sua empresa. Aprenda essa e outras técnicas, conforme falamos nesse artigo, com professores renomados na melhor universidade privada do Sul do Brasil.

Por exemplo, Francisco Cavalcante, um dos maiores especialistas em Valuation no Brasil. Inclusive, é autor dos livros “Introdução ao mercado de capitais” e “Avaliação de Empresas”.

Aliás, sua expertise é compartilhada em cursos do PUCRS Online, como:

Assim, entenda mais sobre essa percepção de mercado tão importante para o sucesso dos seus negócios. Seja PUCRS Online.

Comentários 0