Síndrome de Burnout: o que é? Como prevenir?

sindrome de burnout, burnout, o que é burnout, cansaço excessivo

Um distúrbio psíquico causado pela exaustão extrema, assim é definida a Síndrome de Burnout, um transtorno cada vez mais comum, superior à capacidade pessoal de lidar com questões do dia a dia de modo eficiente.

Entretanto, essa sindrome se refere especificamente a fenômenos no contexto ocupacional. Ou seja, não se aplica para descrever experiências em outras áreas da vida, conforme a definição atualizada da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Nesse sentido, Burnout é a manifestação de estresse crônico sentido exclusivamente no local de trabalho. Inclusive, a principal causa da doença é justamente o excesso dele.

Portanto, esta síndrome é muito comum em profissionais em situações de trabalho desgastante, que demandam muita competitividade ou responsabilidade.

Além disso, também pode acontecer quando o profissional planeja ou é pautado para objetivos de trabalho muito difíceis. Ou seja, situações em que a pessoa possa achar, por algum motivo, não ter capacidades suficientes para os cumprir.

Mas, como diagnosticar? Quais os principais sintomas da síndrome?

A Síndrome de Burnout envolve nervosismo, sofrimentos psicológicos e problemas físicos, como dor de barriga, cansaço excessivo e tonturas.

Contudo, entre os principais sintomas que a pessoa pode apresentar, estão:

  • Cansaço mental e físico excessivos;
  • Insônia;
  • Dificuldade de concentração;
  • Perda de apetite;
  • Irritabilidade e agressividade;
  • Lapsos de memória;
  • Baixa autoestima;
  • Desânimo e apatia;
  • Dores de cabeça e no corpo;
  • Negatividade constante;
  • Sentimentos de derrota, de fracasso e de insegurança;
  • Isolamento social;
  • Pressão alta;
  • Tristeza excessiva.

Como prevenir a Síndrome de Burnout?

Condutas saudáveis evitam o desenvolvimento da doença, assim como ajudam a tratar sinais e sintomas logo no início.

Assim, a melhor forma de prevenir a Síndrome de Burnout é criando estratégias que diminuam o estresse e a pressão no trabalho.

Separamos algumas ações que podem ajudá-lo a prevenir a síndrome, conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS). Confira:

  • Defina pequenos objetivos na vida profissional e pessoal;
  • Participe de atividades de lazer com amigos e familiares;
  • Faça atividades que fujam à rotina diária, como passear, comer em restaurante ou ir ao cinema;
  • Evite o contato com pessoas negativas, especialmente aquelas que reclamam do trabalho ou dos outros;
  • Converse com alguém de confiança sobre o que se está sentindo;
  • Faça atividades físicas regulares. Pode ser academia, caminhada, corrida, bicicleta, remo, natação etc;
  • Evite consumo de bebidas alcoólicas, tabaco ou outras drogas, porque só vai piorar a confusão mental;
  • Não se automedique nem tome remédios sem prescrição médica.

Gostou? Então, vá além. Se você está interessado em se aprofundar ainda mais em temas relacionados ao bem-estar e a saúde, temos outras indicações ainda mais transformadoras.

Conheça nossos cursos, especialize-se e fique por dentro das melhores práticas da área:

Aliás, conheça também 3 livros para ajudar a cuidar da saúde mental.

Matricule-se agora, garanta valores do primeiro semestre e ainda ganhe uma Certificação Adicional no valor de R$ 3.000.

Não desperdice essa oportunidade. Seja especialista, seja PUCRS Online.

Comentários 0