Realidade aumentada: a tendência para 2021

realidade aumentada, RA, RV, realidade virtual, tendência realidade virtual

Com o avanço da pandemia, o distanciamento social e o comércio fechado, as empresas precisaram acelerar o processo de digitalização. Nesse contexto, um recurso que tem sido um divisor de águas para o sucesso dos negócios é a realidade aumentada (RA).

Afinal, as empresas, buscando manter uma boa qualidade de jornada e experiência do cliente, começaram a implementar alguns recursos tecnológicos ao processo. E um deles foi, justamente, a realidade aumentada.

Essa tecnologia até aparecia já ao longos dos anos, mas de forma tímida. Agora, parece que veio para ficar, se consolidando como tendência para o ano de 2021.

A experiência online foi a principal mudança no mercado no momento pós-pandemia. Além disso, os canais digitais ganharam espaço na vida das pessoas em isolamento.

Dessa forma, é preciso se reinventar constantemente para se manter competitivo no mercado. Você tem os recursos necessários? Quer entender um pouco mais sobre a Realidade Aumentada? Então, siga esta leitura.

O que é Realidade Aumentada?

A Realidade Aumentanda é uma tecnologia imersiva que integra informações digitais ao ambiente físico em tempo real. Ou seja, é a tecnologia que combina elementos do mundo real e virtual.

Assim, é através dela que é possível adicionar imagens em um modelo 3D geradas por um computador para combinar esses dois mundos, mudando a percepção do que vemos na tela.

Em outras palavras, é a realidade aumentada que nos permite testar se a cor da tinta vai ficar boa na parede, antes de comprar, por exemplo. Ou se a poltrona vai combinar com a decoração do quarto e se o sofá novo caberá na sala.

É importante esclarecer que a RA só exige uma tela, seja de um computador, de um smartphone ou de um tablet. Ao contrário da Realidade Virtual (RV), que precisa de um fone de ouvido ou um equipamento especial para criar uma experiência envolvente.

Como usar esse recurso nos negócios?

Como falamos anteriormente, é muito comum ver a realidade aumentada sendo utilizada como recurso para aproximar o cliente do produto.

Afinal, que negócio não quer ser percebido como uma marca inovadora, alinhada ao comportamento e estilo de vida do consumidor?

Por isso, além dos exemplos que já citamos, separamos 3 aplicações em que a RA é usada como estratégia para vendas. Aproveite esses insights para revolucionar suas estratégias na jornada com o cliente. Confira:

Etiqueta ou embalagem escaneável

Aqui é possível um conteúdo interativo e exclusivo da marca que será acessado pelo cliente ao apontar o celular. Este pode ser em formato de vídeos ou uma composição detalhada do produto. Ainda pode trazer comentários de clientes, comparação de preços, localização dos produtos, bem como, a possibilidade de adicionar o artigo no carrinho e facilitar a compra.

Espelho ou provador virtual

O provador virtual é a alternativa utilizada para ter uma visão mais real do produto que se pretende comprar. Ou seja, o consumidor pode testar combinação de roupas, sem precisar realmente experimentá-las. Além disso, com o espelho virtual é possivel ver também se o óculos fica bem no rosto e se a cor da sombra combina com o tom da pele. Inclusive, esse recurso já está sendo bastante utilizado entre as marcas.

Aplicação interativa no produto

Esse recurso é bastante utilizado em totens. É quando uma propaganda cria vida ao ter um celular apontado em sua direção. Nesse caso, o recurso, além de despertar a curiosidade cria narrativas e amplia a visibilidade da marca e dos produtos no ponto de venda.

Entenda também o que está por trás da tecnologia do PIX.

Gostou? Então, fique por dentro dessa e de outras tendências. Com o MBA em Tecnologia para Negócios: AI, Data Science e Big Data você aprende como utilizar de forma prática as principais tendências em tecnologia.

Esteja preparado para administrar, liderar equipes e construir negócios tecnologicamente competitivos.

Seja especialista, seja PUCRS Online.

Comentários 0