Quem é Wolfgang Hoffmann-Riem

Wolfgang-Hoffmann-Riem-biografia-pucrs-online

Wolfgang Hoffmann-Riem é um grande estudioso dos principais temas relacionados ao fenômeno da digitalização para e no Direito. Assim, explora os problemas e os desafios acarretados pela transformação digital.

Antigo magistrado do Tribunal Constitucional alemão, é um dos mais importantes publicistas vivos da Alemanha. Então, suas responsabilidades como relator incluíam a proteção da privacidade e dos dados, a liberdade de expressão e informação, bem como a inviolabilidade do lar.

Foi responsável pela fundação do pioneiro Centro de Pesquisa em Direito e Inovação junto à Universidade de Hamburgo. Além disso, é um dos diretores do Instituto de Direito Ambiental da mesma instituição.

Também esteve como membro alemão da “Comissão Europeia para a Democracia através do Direito”, na chamada Comissão de Veneza, nos anos de 2007 a 2019.

Mas atualmente é professor afiliado de Direito e Inovação na Bucerius Law School, em Hamburgo. É Professor Emérito de Direito Público e Administração Pública na Universidade de Hamburgo.

Conheça também a história de Aury Lopes Jr, um dos líderes da reforma do Cógido Penal do Brasil.

Seu conhecimento e sua experiência são resultado do trabalho dentro e fora do ambiente acadêmico ao longos dos mais de 50 anos de carreira. Aliás, aprenda lições valiosas com Wolfgang Hoffmann-Riem nos cursos de pós-graduação do PUCRS Online:

Segurança Digital, Governança e Gestão de Dados, no qual você irá compreender com ele como o Direito, na sua condição de estrutura regulatória, também está sendo impactado pelo processo de digitalização.

E a pós em Direito Público: Constitucional, Administrativo e Tributário. Aqui, Wolfgang aborda a influência das novas tecnologias na regulação administrativa, bem como os desafios para regulação dessas ferramentas.

Áreas de interesse de Wolfgang Hoffmann-Riem

Direito, Direito Regulatório, Inovação em Direito, Proteção de direitos na Internet, Digitalização do Direito, Transformação Digital.

Comentários 0