Marketing de Permissão: conheça o modelo

marketing de permissão, permission marketing

Diariamente somos bombardeados com uma quantidade infinita de informações, seja pelas redes sociais, na televisão, ou até mesmo com os podcasts. Nesse sentido, o marketing de permissão surge para dosar e estabelecer limites de audiência entre a marca e o consumidor.

Assim, é possível escolher se você quer ser impactado por aquele anúncio ou não. Uma estratégia bastante inteligente e que já vem sendo adotada por várias marcas no mercado.

Quer entender um pouco mais e quais benefícios ela pode trazer para o seu negócio? Então, siga essa leitura.

O que é marketing de permissão?

O marketing de permissão é uma modalidade de marketing que requer o consentimento do cliente. Ou seja, uma marca só pode interagir com os consumidores mediante a autorização dos mesmos.

Empresas que se preocupam com a imagem que passam para seus clientes, apostam nessa estratégia. Afinal, ao fazer isso, elas mostram que respeitam o espaço do cliente, e que não são invasivas.

Nesse sentido, a marca ganha a simpatia do consumidor e cumpre seu objetivo que é, justamente, conquistar o consentimento desses consumidores para, então, enviar mensagens e estabelecer uma relação mais próxima com eles.

Esse conceito não é novo, surgiu em 1999 no livro
“Permission marketing: turning strangers into friends, and friends into customer”, publicado por Seth Goldin, um dos maiores nomes do marketing dos anos 1990.

Na época, o público também recebia uma enxurrada de muitas e muitas propagandas. Porém, elas não eram tão direcionadas e a competição pela atenção de quem realmente interessava era muito alta.

Contudo, com o marketing de permissão foi possível afunilar as estratégias de marketing, tornando-as mais eficazes.

Quais os benefícios desse modelo?

São diversas as vantagens que esse modelo pode apresentar para o seu negócio ou marca. O marketing de permissão estimula, por exemplo, o foco apenas em grupos de clientes que já demonstraram interesse com a marca. Dessa forma, podemos dizer que existe uma probabilidade maior de conversão.

Além disso, ao direcionar as suas estratégias apenas para o público interessado, você também evita bloqueios como marcações de spams, tanto via e-mail quanto via rede social.

Entre outras vantagens, como:

  • Mais credibilidade e confiança para a marca;
  • Maiores chances de vendas;
  • Mais economia. Afinal, você direciona sua estratégia de marketing para quem tem interesse pelo seu produto.

Gostou? Então, comece agora mesmo a usar esse modelo em seu negócio. E se quiser aprender muito mais sobre estratégias de marketing, conheça o MBA em Marketing, Branding e Growth do PUCRS Online.

Matricule-se agora e aprenda com grandes referências estratégias de crescimento e branding fora da curva.

Conheça também 5 livros para você evoluir na área.

Seja especialista, seja PUCRS Online.

Comentários 0