Lives commerce: conheça essa tendência de consumo

lives-commerce

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente dar o play abaixo ou fazer o download para ouvir offline:

Uma tendência no mundo do varejo muito popular na China começou a fazer sucesso no Brasil: as lives commerce.

O método começou a ganhar força no país com a pandemia do coronavírus, ao mesmo tempo em que o comércio eletrônico ganhava destaque entre milhares de pessoas que não conseguiam mais comprar e vender seus produtos no mundo físico.

O varejo online foi uma saída para quem desejava se manter competitivo no mercado. Pesquisas apontam que no primeiro semestre de 2020, surgiram mais de 7 milhões de novos compradores e houve um crescimento de 47% no volume gerado em vendas online.

Um verdadeiro boom de lojas online e um avanço para o e-commerce brasileiro. Nesse contexto, as empresas também precisaram se reinventar.

As companhias perceberam então, que as redes sociais brasileiras estavam sendo tomadas pelas lives de artistas, atores, empresários e influenciadores. E que podiam usar toda esta audiência dos vídeos para vender mais pela internet.

Então surgiu o modelo de live shopping ou, como conhecemos, live commerce.

Mas você sabe exatamente do que se trata essa tendência? Se quiser entender um pouco mais sobre o assunto, esse artigo é para você.

O que são as Lives commerce?

As lives commerce são uma estratégia de venda, divulgação de produtos e serviços em um ambiente online.

Assim, o formato engloba as transmissões ao vivo e tem relação com os objetivos do e-commerce tradicional: esclarecer dúvidas, aumentar a credibilidade da marca e elevar as possibilidades de venda.

Embora a estratégia seja conhecida por alguns como “live commerce“ ou “live shopping“, e por outros como “shop streaming”, o conceito segue sendo um só: comercializar produtos através de transmissões ao vivo de artistas, influenciadores e formadores de opinião em geral.

Mas como eu posso vender produtos ao vivo?

Como sabemos, o formato de vídeo é o padrão que mais gera engajamento e alcance nas redes sociais. E as lives são as que mais possuem alcance orgânico entre todos os formatos de vídeos existentes.

Assim, apostar em lives commerce para alavancar as vendas da sua marca é realmente uma estratégia excelente.

Entretanto, na hora de realizar uma transmissão de sucesso, com qualidade e segurança é preciso estar atento a alguns processos. Confira:

  • Elabore um bom roteiro com um conteúdo assertivo;
  • Tenha um bom planejamento estratégico de marketing e vendas;
  • Certifique-se de escolher um bom apresentador ou influencer digital do seu nicho;
  • Aposte em um cenário personalizado dedicado, com isolamento acústico e ferramentas profissionais. Se for um estúdio, melhor ainda;
  • Equipamentos profissionais de iluminação, sonorização e captação de imagens elevam a qualidade da sua live.
  • Se possível, tenha também uma equipe profissional de streaming para direção de cenas;
  • E uma equipe de TI para uma conexão estável e segurança das informações transmitidas;

Desafios ao apostar em lives commerce

Mesmo sendo uma tendência bastante promissora, as lives commerce apresentam alguns desafios para serem produzidas. Porém, eles podem ser facilmente superados.

Estar atento às dicas anteriormente apresentadas já é um grande passo para o sucesso.

Entretanto, ainda é possível que você enfrente alguns desafios técnicos. Afinal, a produção de lives commerce envolve diversas tecnologias.

O segredo principal é apostar em uma equipe preparada, com profissionais de marketing, T.I e streaming, para reduzir a margem de erros e prejuízos.

Mas, uma consequência disso, é que esse método pode se tornar um investimento alto. Ainda assim, é uma modalidade promissora para alavancar as vendas. E que traz lucro ao investimento inicial.

Quais os desafios do e-commerce?

Os principais desafios impostos pela produção de uma live ao e-commerce é quando esse negócio não está preparado para receber o alto fluxo de clientes que a estratégia pode engajar.

Mas a boa notícia é que também é fácil administrar esses desafios. Uma dica importante é manter o produto sempre em estoque. Atualmente existem ferramentas inteligentes que auxiliam nesse processo e direcionam os consumidores automaticamente para centros de distribuição que possuam o produto escolhido em estoque.

Nas lives commerce isso pode acontecer por meio de um QR Code, por exemplo. A prática é comum também para apresentar descontos da marca ou direcionar o consumidor até o site de vendas.

Afinal, direcionar o consumidor para o varejo significa um tráfego muito qualificado e pode também significar parcerias ainda mais positivas, principalmente se bem executadas.

Leia também Marketing Digital para melhorar estratégias em 2021.

Potencialize seu conhecimento e domine ferramentas e técnicas de e-commerce e negócios digitais para empreender, com o MBA em E-commerce e Negócios Digitais.

Ou ainda, prepare-se para planejar e executar eventos e experiências sustentáveis, imersivas e de alto impacto com a pós-graduação em Experiências Digitais: Gestão, Produção e Engajamento.

As oportunidades de apostar na sua carreira aumentaram. Aproveite.

Comentários 0