Influência digital: o que é e para o que serve

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente dar o play abaixo ou fazer o download para ouvir offline.

Influência digital é a capacidade de uma pessoa usar canais online para transformar opiniões e comportamentos, além de onduzir outras pessoas a determinadas ações como compras.

Atualmente, marcas vêm experimentando o ambiente digital ao implementar diferentes estratégias nesse espaço. Englobando, muitas vezes, essas pessoas para potencialização de suas vendas de produtos e serviços.

Mas quem são elas?

São os influenciadores digitais, também chamados, em inglês, de digital influencers. Sendo eles responsáveis por uma gama de conteúdos em diferentes plataformas, como YouTube, Twitter, Facebook, Instagram e TikTok.

Presentes em diversas áreas, chamam a atenção por falarem a língua do público-alvo de temas específicos, como moda, games, educação, maternidade, finanças e ativismo.

Assim, os influenciadores são pessoas com as quais o público se identifica, resultando no convite para serem representantes de marcas.

Mas não basta ser um porta-voz. É fundamental que seus valores e os da marca estejam alinhados para que o discurso do influenciador não seja falso ou mesmo interpretado como oportunista.

Influenciadores: estratégia de Marketing de Influência

Mais do que nunca, as empresas entendem que o sucesso está em colocar as necessidades de seus públicos antes das suas.

Para saber o que o consumidor deseja, ninguém melhor do os influenciadores, que conhecem muito bem seus públicos.

Portanto, ao criarem conteúdo nativo, são os parceiros perfeitos das empresas para transmitirem suas mensagens de forma não-artificial.

É importante destacar que a inclusão de influenciadores como parte das estratégias de Marketing Digital não é uma questão de alcance, mas de resultado.

Exatamente por essa razão que é imprescindível saber escolher bem o profissional de influência, para que ele atenda às necessidades da sua empresa.

Se são considerados advogados de uma marca, nada mais justo que contratar aquele que saberá defender com conteúdo de qualidade seu produto ou serviço.

Em alguns casos, concentrar-se em megainfluenciadores pode estragar sua estratégia. Esteja atento aos diferentes tipos de profissionais.

Tipos de influenciadores digitais

É preciso entender que público você quer atingir e quanto de orçamento está disponível, entre outros fatores. Dessa forma, a equação precisa funcionar. Há cinco classificações:

Megainfluenciador: grupo em que figuram grandes personalidades, mesclando nativos digitais, como Whindersson Nunes, e estrelas da música, como a cantora Anitta. Todos passaram de 1 milhão de seguidores.

Macroinfluenciadores (500 mil a 1 milhão de seguidores) e intermediários (100 a 500 mil): em geral, são pessoas que já têm grande relevância em segmentos específicos. Por exemplo, Sergio Rocha, principal influenciador no que se refere à corrida de rua.

Microinfluenciadores (10 a 100 mil seguidores) e nanoinfluenciadores (menos de 10 mil): em relação aos anteriores, são os mais nichados. Sua performance tem foco no alcance de comunidades significativas.

Grau de influência

O que caracteriza o grau de influência que uma pessoa efetivamente exerce sobre o público que o acompanha é o bom desempenho em três aspectos: alcance, relevância e ressonância.

Alcance: refere-se ao potencial de um influenciador para disseminar sua mensagem. Naturalmente, quando maior o número de seguidores, maior será o alcance. Porém, isso não significa que há engajamento.

Ressonância: refere-se ao quanto compartilhamento efetivo da mensagem do influenciador por parte do usuário. Ou seja, se seu conteúdo é discutido e comentado, bem como gera engajamento.

Relevância: refere-se ao valor do influenciador digital, na forma como ele é visto dentro de seu segmento. Aqui, não é necessário ter milhões de seguidores, mas uma referência para determinado grupo.

Como está o mercado de influência

Hoje, não faltam pesquisas dando conta como o público é mais receptivo a influenciadores.

Cerca de 76% dos internautas no Brasil já consumiram produtos ou serviços depois da indicação de influenciadores digitais. Isso foi um dado apontado na pesquisa realizada pelo Instituto Qualibest, em parceria com a Spark.

Devido ao altos níveis de engajamento, os investimentos nesse setor aumentaram rapidamente nos últimos anos. A mesma pesquisa revelou que o Instagram é a plataforma mais procurada pelos usuários, juntamente do YouTube.

Além disso, o levantamento identificou que os seguidores reconhecem quando os influenciadores como produtores e disseminadores de conteúdos relevantes, orgânicos ou patrocinados.

Isso significa que a maioria dos internautas consegue identificar quando o conteúdo é patrocinado, bem como consideram importante essa identificação.

Porém, ter conhecimento de que a publicação é um formato de publicidade interfere pouco na interação e engajamento.

Descubra os bastidores do mercado de influência digital

Como vimos, os influenciadores conquistaram um espaço nos planos estratégicos de Marketing das empresas.

Marcas passaram a reservar boa parte de seus orçamentos àqueles que conseguem estabelecer um diálogo transparecente sobre seus produtos e serviços.

Nesse sentido, é importante que os profissionais de Comunicação, Marketing e Vendas estejam atentos ao valor que os influenciadores pode agregar às suas marcas.

Sem dúvida, se você deseja descobrir as potencialidades desse mercado, a pós-graduação em Influência Digital: Conteúdo e Estratégia é a ideal para você.

Aprenda a relevância de conteúdos de qualidades e seus diversos formatos no ambiente digital, como brandend content, inbound marketing, textos otimizados por SEO e omnichannel.

Tudo isso com a experiência de quem se destacou nesse mercado, como:

  • Marcelo Tas, um dos influenciadores mais premiados do Brasil;
  • Fernando Machado, diretor global de Marketing do Burger King;
  • Denise Fraga, atriz brasileira, colunista e escritora;
  • Nonny de La Peña, considerada madrinha da Realidade Virtual;
  • André Siqueira, cofundador da Resultados Digitais.

Conheça essa especialização e matricule-se agora mesmo.

Comentários 0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *