Relações amorosas e carreira: o que têm em comum?

amor, autoestima, Ciência do Amor, conhecimento, mba online, pós-graduação, pucrs, pucrs online, relacionamentos, relações, tecnologia, trechos de aula,

Aqui, já vimos que a maternidade pode ensinar muito sobre carreira. Será que o mesmo é possível quando o assunto é relacionamento amoroso?

Em entrevistas de emprego, é comum o candidato dizer ao recrutador que uma de suas qualidades é saber separar a vida pessoal da profissional.

O que muitos não percebem é que esse fato não configura, exclusivamente, uma qualidade.

Isso porque não é necessária uma separação total, e sim um equilíbrio.

Além disso, a vida pessoal, principalmente no que diz respeito às relações amorosas, ensina lições valiosas que podem ser aplicadas à carreira.

Mas só quem opta pelo equilíbrio entre relações e profissão, consegue desenvolver esses aprendizados.

Conheça 4 lições das relações amorosas para aplicar na carreira:

Negociação

Negociar é encontrar um denominador comum entre duas ou mais pessoas com pontos de vistas diferentes. Nos relacionamentos amorosos, passamos boa parte do tempo negociando, mesmo sem perceber.

Agora, imagine propor um aumento, apresentar uma novidade ao cliente ou ainda pedir que a empresa invista em um treinamento para você?

Negociar faz parte da realidade humana e faz toda a diferença nas relações, principalmente para quem busca sucesso profissional.

Autoconhecimento

Você já deve ter lido a frase “Conhece-te a ti mesmo”, de Sócrates, filósofo grego do século IV a.C. Ela diz respeito de um aspecto extremamente importante para toda e qualquer relação: autoconhecimento.

Da mesma forma que você precisa se conhecer para entrar em um relacionamento verdadeiro, que faça jus aos seus valores e propósito de vida, ele também é o melhor caminho para você construir o que deseja para sua carreira.

Respeito às individualidades

Leandro Karnal, um dos principais pensadores da atualidade no Brasil, afirma que o primeiro patamar da ética é saber respeitar o espaço do outro, ao invés de crer que estamos sozinhos no mundo.

Essa é uma das bases para relacionamentos em todos os âmbitos, pois cada um de nós tem, e precisa exercer, a individualidade, com respeito e sem julgamentos.

Reciprocidade e parceria

Se for para viver um relacionamento unilateral, é melhor ficar sozinho, não é mesmo? Assim como nos relacionamentos amorosos é importante a parceria e confiança, nas relações de trabalho funciona do mesmo jeito.

Ninguém quer ter aquele colega que não contribui ou que vai contra o espírito do trabalho em equipe. Seja parte e mostre às pessoas ao seu redor que elas podem contar com você, assim como você pode contar com elas.

Se identificou com essas dicas?

Então se prepare para descobrir os impactos do amor nas relações pessoais e de trabalho, com grandes experts do mercado. De 07 a 12 de junho, vamos disponibilizar conteúdo especial para você.

Enquanto dia 07 não chega, aproveite para conhecer nossos cursos e desenvolver características e habilidades essenciais para seus relacionamentos pessoais e profissionais.

Comentários 0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *